quinta-feira, junho 16, 2005

116


Ermesinde, 2005Mai07

(cumprindo uma promessa que aqui deixei há uns meses)

por onde se mede a importância dos dias?

quinta-feira, junho 09, 2005

113


Setúbal, 2005Mai29

ocorre-me, por vezes, que as pessoas têm de mim uma ideia de seriedade e profissionalismo.

terça-feira, junho 07, 2005

quinta-feira, junho 02, 2005

111


Sentieira, 2005Mai15

"Sabe, o dono disso teve um acidente.." acabou ele por dizer. Estava há uns bons dois minutos a tentar convencê-lo a segurar numa foto e fiquei pasmado com a revelação. Que estava a descarregar entulho e veio um camião - "3500 quilos!", vocifera, o dedo em riste - e lhe passou por cima. "Traçou-o todo, assim", a mão frouxa a fazer uma vaga diagonal ao peito. Desligou o carro e saiu, para me explicar como as madeiras meio escondidas pelo mato teriam servido para fazer um telheiro. Mas que agora não podia, e o lábio tremeu-lhe. "Está em casa". Fala, vagueia pelo entulho, parece embaraçado. "Segure nesta foto, assim. Não, vire-a para mim!" tchac, tchac.

"Ó Zé! Ó filhadaputa! Eh!", grita de repente. "É o genro, ele explica melhor que eu..."